Fluoxetina emagrece?

Você está pensando em emagrecer e logo lembra da fluoxetina, um antidepressivo que pode ajudar a emagrecer. Fluoxetina emagrece?

Conhecido também como Prozac, a fluoxetina foi bastante usada para quem queria perder uns quilos a mais, mas será que fluoxetina emagrece?

Indicado apenas por um médico a fluoxetina ajuda na hora da perda de peso, mas precisa ser acompanhado de especialista para que os resultados não sejam inversos.

Porque a Fluoxetina emagrece?

Fluoxetina emagrece

Usada para ansiedade e a depressão, a fluoxetina tem o poder de proporcionar emagrecimento além de controlar a ansiedade, os vilões na hora de ganhar peso.

É importante ficar em alerta porque se a fluoxetina, quando usada da forma correta, poderá causar alteração do paladar e a perda do apetite, o que faz com que a pessoa tenha menos fome e vontade de comer, o que contribui para a perda de peso.

Além disso, como benefícios, destaque para a promoção do bem-estar, onde a fluoxetina diminui os sintomas da depressão.

Mas, se for usado de forma incorreta, a fluoxetina pode engordar, devido ao aumento do apetite, tendo efeito contrário ao esperado.

Ou seja, muitos médicos evitam indicar a fluoxetinapara emagrecer, pois os efeitos colaterais podem ser devastadores. Assim, esse medicamento só deve ser utilizado sob prescrição e orientação médica.

Para que serve a fluoxetina

Uma das utilidades da fluoxetina é no tratamento contra a depressão, bulimia nervosa e do transtorno obsessivo compulsivo.

Sua função é atuar na recaptação da serotonina, uma substância importante no controle do humor e na sensação de bem-estar, fazendo com que o paciente se mostre mais satisfeito com a sua própria imagem e menos ansioso.

Leia também:

Efeitos colaterais da fluoxetina

Bem, como já citados, os efeitos colaterais podem ser devastadores se for consumida sem orientação médica adequada.

Destaque para confusão menta, boca seca, cansaço, sangramento vaginal fora do período menstrual, fraqueza, fadiga, enjoo, inibição do apetite, alteração do paladar, diarreia, irritabilidade, tremores, calafrios, vertigem, nervosismo, vontade frequente de urinar, suor excessivo, queda de cabelo, lesões avermelhadas na pele, euforia, estrias, vasculite.

Um dos efeitos colaterais comuns no início do tratamento com fluoxetina é o aumento do sono, porém esse efeito costuma desaparecer depois de algumas semanas de uso do medicamento. Para saber como tomar a fluoxetina consulte a bula deste medicamento.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*